fbpx
Select Page

Semana Lucrativa 5, a primeiro do mês de fevereiro.

Este é um espaço onde comentamos os principais eventos que impactaram os mercados na semana anterior e aqueles eventos que poderão causar variações nos nossos portefólios de ações.

 

Principais eventos da semana anterior:

  • Todos os índices subiram fortemente esta semana, numa das semanas mais lucrativas desde novembro: o Russell 2000 foi o que disparou mais…uns impressionantes 7.6%; o Nasdaq 4.76%; o S&P50017%; o Dow Jones 3.62% e o STOXX 600 3.14%.
  • A administração Biden avançou com o pacote de estímulos de 1.9 triliões de dólares, um dos maiores da história dos EUA.
  • Os números dos novos pedidos de desemprego vieram melhor do que o esperado: 779.000 vs. 830.000.
  • Do lado das aquisições e fusões tivemos a International Flavours a completar a fusão com a DuPont’s (DD).
  • Resultados trimestrais: mais uma semana com muitos resultados:
    • Amazon: as receitas superaram pela primeira vez na história a marca dos $100B (foram de $125.56B, um aumento de 44% YoY) e os lucros por ação vieram nos $14.09 (quando se esperava metade disso: $7.23). Jeff Bezos anunciou a sua saída do cargo de CEO, sendo substituído por Andy Jassy (atual CEO da Amazon Web Services).
    • Alibaba: a gigante do comércio online na China reportou número fantásticos! As receitas totais aumentaram 33% para os 221B de yuan no 4º trimestre; o lucro líquido da empresa aumentou 27% face ao mesmo período do ano anterior para 77.9M de yuan (ou 22.03 yuan por ação), e o FCF aumentou 23% para 96.21M yuan. O número de marcas internacionais a entrar no mercado online a partir da Tmall Global aumentou 60%, a Lazada cresceu 3 dígitos (!!!), a Cainiao aumentou 51% em relação ao trimestre anterior, e o segmento da Cloud disparou 50% YoY para os 16.11M de yuan (tendo reportado inclusive o primeiro lucro da sua história). O número de usuários ativos anuais (AAU) nos mercados de retalho da China aumentou para os 779 milhões e o número de usuários mensais a usar as aplicações mobile da Alibaba subiu para os 902 milhões de pessoas.
    • Alphabet: as receitas aumentaram 23% YoY para os $56.90B, e o EPS veio nos $22.30. Por segmento: as receitas da Cloud foram de $3.83B, do Youtube Ads foram de $6.89B.
    • Chipotle Mexican Grill: as vendas da cadeia de restaurantes subiram 5% no 4º trimestre, impulsionadas sobretudo pelas vendas online. O EPS veio nos $3.48 (mais do que o esperado pelos analistas).
    • Otis Worldwide: a gigante dos elevadores e escadas rolantes reportou um EPS de $0.66 (um crescimento de 40% YoY). Já as receitas mantiveram-se praticamente inalteradas nos $3.5B
    • NIO: a fabricante de veículos elétricos reportou 7225 veículos entregues em janeiro, um aumento de 352% YoY.
    • Pfizer: a empresa farmacêutica que está a produzir as vacinas para a COVID-19 reportou um EPS de $0.42, e receitas de $11.68B.
    • Harley Davidson: a empresa de motas viu as receitas caírem 32% e apresentou prejuízos de $96M (ou -$0.63 EPS).
    • Spotify: as receitas foram de $2.17B e os prejuízos por ação foram maiores do que o esperado ($0.66 vs. $0.55).
    • Electronic Arts: receitas de $2.4B e lucros por ação de $0.72.
    • Biogen: as receitas caíram 4% de um ano para o outro para os $13.5B e o lucro caiu 13% para os 6.2B.
    • eBay: as receitas dispararam 28% YoY para os $2.9B e o lucro por ação veio nos $1.12. A empresa devolveu aos acionistas $529m através da recompra de ações e de dividendos.
    • PayPal: as receitas aumentaram 22% YoY para os $21.45B, e o lucro por ação aumentou 31% para os $3.88. A empresa bateu recordes em todos os segmentos, com o volume de transações a aumentar de forma substancial.
    • Qualcomm: receitas de $8.2 milhões e EPS de $2.17.

 

Principais eventos da próxima semana:

  • Quanto a resultados trimestrais, teremos: a Simon Property (uma REIT), Take-Two Interactive, Lowe’s na 2ª-feira; Cisco, S&P Global, Twitter, Fox, UbiSoft Entertainment, Randstad, Coty, Yelp, Corsair, Trivago na 3ª-feira; Coca-Cola, General Motors, CME, Air Liquide, Adyen, Heineken, Amundi, Euronext na 4ª-feira; Walt Disney, PepsiCo, L’Oreal, AstraZeneca, Schneider Electric, Illumina, Credit Agricole, Restaurant Brands International, Kellog, Tyson Foods, Expedia, Commerzbank, Ipsen na 5ª-feira; e Moody’s na 6ª-feira.