fbpx
Select Page

Semana Lucrativa 4, a última do mês de janeiro.

Este é um espaço onde comentamos os principais eventos que impactaram os mercados na semana anterior e aqueles eventos que poderão causar variações nos nossos portefólios de ações.

 

Principais eventos da semana anterior:

  • Todos os índices caíram fortemente esta semana: o Nasdaq 4.51%; o Russell 2000 4.41%; o S&P50061%; o STOXX 600 3.49%; e o Dow Jones 2.91%.
  • A semana fica marcada pelo Short Squeeze” que aconteceu nas ações da GameStop e outras empresas de pequena capitalização bolsista que estavam a ser fortemente “shortadas”. Um grupo de investidores no Reddit uniu-se para encostar à parede os Fundos de Investimento que ganham dinheiro com “short selling” (por vezes conduzindo as empresas à falência), tendo feito as ações disparar 300% num só dia em alguns casos (como aconteceu, por exemplo, com a AMC na 4ª-feira). Na quinta-feira algumas corretoras (como a Robinhood) proibiram a compra destas ações e só permitiram a sua venda, o que gerou grande revolta entre a comunidade de investimento, que acusa Wall Street de agir a favor dos Fundos de Investimento e de prejudicar deliberadamente os pequenos investidores. Este fenómeno ainda vai dar um filme…
  • A China ultrapassou os EUA como destino de investimento estrangeiro. Desde que o Coronavírus impactou as economias globais, a China tornou-se o maior destino de investimento de capitais estrangeiros, com $163B a fluírem para o país comparado com os $134B que fluíram para os EUA.
  • Tivemos a reunião do Banco Central Norte-Americano (FED) esta semana, que mantém as taxas de juro inalteradas (perto do mínimo histórico de 0%), bem como a recompra de ativos ($120B em Obrigações de Tesouro por mês).
  • O PIB nos EUA subiu 4% no 4º trimestre quando era expectável que subisse 4.3%.
  • Resultados trimestrais: Esta foi das semanas mais preenchidas em resultados trimestrais. Eis alguns deles:
    • Microsoft: aumentou as receitas em 17% para os 43.08B e os lucros por ação vieram em $2.03; só o segmento da Cloud cresceu 23% YoY, o de Computadores 14% e o de Produtividade 13%.
    • Apple: as receitas cresceram 21% YoY para os $114B, um recorde absoluto. As vendas em todos os segmentos subiram 2 dígitos: iPhone 17%; Serviços: 24%; Outros Produtos: 29%; Mac: 21%; iPad: 41%. A empresa tem em mãos $195B em cash, um recorde absoluto.
    • AMD: viu as receitas dispararem 45% para os $3.24B e o EPS foi de $0.52; só o segmento dos CPUs e Consolas disparou 176% YoY para os $1.28B.
    • Starbucks: viu as receitas diminuírem 5% para $6.75B e o EPS nos $0.61, ao mesmo tempo que abriu 278 novas cafetarias durante o 4º trimestre à volta do globo, estando agora presente em 33.000 localizações.
    • McDonald’s: as vendas totais para 2020 diminuíram 1% em relação a 2019 e o EPS diminuiu 12% para os $1.84.
    • General Electric: terminou o 4ºTrimestre com $2.5B em FCF, mas viu as receitas diminuírem 16% YoY para os $21.93B; o segmento de Power Business aumentou as ordens em 26% para os $5.62B, o segmento de Renováveis aumentou as ordens em 34% para os $6.29, o segmento setor Aviação caiu 41% e o de Saúde também caiu 15% para os $4.98B.
    • Tesla: $0.80 EPS contra os $1.03 esperados pelos analistas. As receitas foram de $10.74B.
    • Boeing: apresentou perdas tremendas na ordem dos $15.25 EPS e receitas de $15.30B. As entregas de aviões estão em mínimos de décadas e os cancelamentos de encomendas estão em máximos. Esperam-se perdas totais para 2020 de $4.1B.
    • Southwest Airlines: anunciaram prejuízos de $1.29 por ação para o 4º Trimestre. Em 2020 as perdas ascenderam a $3.1B, o primeiro prejuízo desde 1972. O setor da aviação está a atravessar dificuldades tremendas, como dá para ver pelos números da Boeing e das companhias aéreas
    • 3M: cresceu em todos os segmentos e viu o lucro líquido aumentar 43% para os $1.39B ($2.38 de EPS) e o FCF subir 16% para os $6.7B.
    • Philips: aumentou as vendas em 7% para os $6B, beneficiada sobretudo pelo aumento de procura por equipamentos médicos que continuam a ser necessários para combater a COVID. Os lucros vieram nos $1.12B.
    • Texas Instruments: o lucro líquido foi de $1.69B no 4ºT e o EPS disparou 60% YoY para os $1.80.
    • UBS: o maior gestor de fortunas de entre todos os bancos (que supera largamente o Citigroup que já analisei noutro artigo) reportou o seu melhor lucro desde 2006, com uma subida super-expressiva de 137%, muito devido à elevada volatilidade dos mercados vivida em 2020.
    • Blackstone: apresentou receitas de $6B para 2020, lucro líquido de $2.2B (EPS disparou 50% de $1.07) e $100B de entradas de capital, o 4º ano consecutivo de recordes.
    • American Express: apresentou receitas de $9.4B e EPS de $1.76.
    • Capital One: as receitas foram de $7.86B o lucro líquido para o 4ºT foi de $2.57B (EPS de $5.29, um aumentou de mais de 50% YoY).
    • NASDAQ: as receitas subiram 15% YoY para os $2.9B no total de 2020 e os lucros por ação subiram 21% para os $5.59. O crescimento no segmento Serviços Financeiros disparou 21% devido à elevada atividade nos mercados vivida em 2020. Está visto que as entidades financeiras com grande exposição aos mercados financeiros beneficiaram muito em 2020 com a volatilidade observada.
    • Facebook: $3.88 de EPS contra os $3.22 esperados; receitas nos $28B a bater as previsões dos analistas também. Usuários Ativos Diários (DAUs) nos 1.84B, Usuários Ativos Mensais (MAUs) nos 2.8B, e as receitas médias por usuário (ARPUs) nos $10.14 (vs. $9.49 esperados). A empresa anunciou a recompra de ações na odem dos $25B.
    • Comcast: receitas de $27.71B, EPS de $0.56. Alcançaram 33.1 milhões de clientes na NBC Universal’s Peacock e anunciaram um aumento do dividendo dos $0.23 para os $0.25.
    • AT&T: apresentou receitas de $45.7B e FCF de $7.7B para o 4º Trimestre. Para o total de 2020 a empresa apresentou $171B em receitas e $25.5B em FCF e EPS de $3.18. O segmento da HBO aumentou os subscritores para 61 milhões (a HBO Max tem agora 41 milhões de utilizadores).
    • Verizon: receitas de $8.1B e 346.000 novas adições de clientes por wireless.
    • Johnson & Johnson: anunciou um EPS de $1.86 e receitas de $22.48B, ambas acima do esperado pelos analistas.

 

Principais eventos da próxima semana:

  • Quanto a resultados trimestrais, as apresentações continuarão a todo o gás! Teremos a Siemens Healthineers, Ryanair, a Alphabet (Google), Alibaba, Pfizer, Amgen, Ferrari, Electronic Arts, Chipotle Mexican Grill, Sirius XM, e Brookfield Property (uma REIT) na 3ª-feira; PayPal Holdings, Abbvie, Siemens, Humana, Biogen, eBay, Yum China Holdings, e Lenovo na 4ª-feira; Unilever, Merck & Co, T-Mobile, Snap, Pinterest, Yum! Brands, Deutsche Bank, e GoPro na 5ª-feira; Linde, Sanofi, BNP Paribas, Vinci, e Cboe Global na 6ª-feira.

 

——————————————————————————–

 

Se ainda não pertences à lista exclusiva dos Investimentos Lucrativos, podes fazê-lo hoje mesmo. Basta dizeres o teu nome e email aqui em baixo e vais receber conteúdo exclusivo todas as semanas: