Select Page

Olá,

 

Hoje trago-te o Livro de Investimento do Ano!

 

Este é o livro de investimento que recomendo que leias em 2020.

 

 

Neste livro o autor fala de várias coisas relevantes:

 

1. A importância de investires o mais cedo possível.

Se ainda não começaste a investir, então começa já este ano! Assume já a responsabilidade do teu futuro e alcança a liberdade financeira mais cedo.

 

2. Correções nos mercados acontecem, em média, uma vez por ano.

Quer isto dizer que, em média, podes contar que os mercados acionistas caiam 10% ou mais todos os anos. Acontecerá em 2020, em 2021, em 2022, em 2030, em 2050, e por aí fora.

 

3. Poucas correções se transformam em Bear Markets (altura em que os mercados acionistas caem mais de 20%).

Em média, um Bear Market ocorre a cada 5 anos.

Tens de te preparar para perder 20%, 30%, 40%, ou 50% do teu dinheiro durante estes períodos.

 

4. Apesar da turbulência no curto prazo, com quedas mais ou menos pronunciadas, o mercado tende a subir sempre no longo prazo.

O maior erro das pessoas é estar fora do mercado!

 

5. Um fiduciário é alguém que nos ajuda a planear melhor as nossas finanças e investimentos. É um conselheiro financeiro.

Mas nem todos estão aqui para te ajudar. Há, muitas vezes, conflitos de interesse…e estão aqui para te ajudar … a transferir dinheiro do teu bolso para o deles! Cuidado!

Neste livro é-te explicado como podes encontrar um bom fiduciário que tenha os seus interesses alinhados com os teus.

 

6. Os bilionários têm um património financeiro elevado por alguma razão.

Eles protegem o seu dinheiro melhor que ninguém, eles procuram obter uma eficiência nas taxas e impostos a pagar melhor que ninguém.

Mais, os bilionários reconhecem a importância de diminuir ao máximo o risco de perda de capital.

Por isso, procuram sempre ter um risco assimétrico nos investimentos.

Procuram diversificar o seu dinheiro entre ativos diferentes (ações, imobiliário, investimentos de curto prazo, etc.), diversificar dentro do mesmo ativo (por exemplo entre setores: ações da banca, ações de tecnológicas, ações ligadas à indústria automóvel, ações ligadas ao retalho, etc.), diversificar por geografias (Europa, América do Norte, Ásia, África, etc.) e diversificar ao longo do tempo (ações podem ser mais rentáveis num dado período, obrigações num outro período, dívida pública num outro período, etc.).

 

7. O investimento traduz-se 10% em técnica e 90% em psicologia.

Controlares as tuas emoções é a parte mais importante quando investes. No entanto, é aqui que os investidores mais falham.

Podes saber como ler um relatório financeiro, como identificar uma boa oportunidade de investimento aqui e ali.

Mas se não controlares as tuas emoções, vais cometer erros. Vais comprar o que não deves e vais vender os ativos no pior momento.

É muito importante controlar a psicologia e este livro ajuda-te a fazê-lo.

 

 

 

Deixo-te aqui os links onde poderás adquirir este livro:

https://www.wook.pt/livro/inabalavel-tony-robbins/20915998

https://www.fnac.pt/Inabalavel-Tony-Robbins/a1361780#omnsearchpos=1

 

Investe já no teu futuro e prepara-te para navegar nos mercados acionistas.

 

Saudações lucrativas,

Frederico Santarém