fbpx

Semana Lucrativa 13, um espaço onde se comenta os principais eventos que impactaram os mercados acionistas globais na semana anterior e os resultados financeiros das principais empresas cotadas em Bolsa.

 

Principais eventos da semana:

  • Uma semana de subidas generalizadas para todos os índices que acompanhamos aqui: O Russell 2000 subiu 2.86%; o Nasdaq 3.71%; o S&P50063%; Dow Jones 1.45%; o STOXX 600 1.89%; e o PSI-20 3.71%. Resolvi adicionar mais um índice para acompanhar: o índice de Shangai! Até porque como tenho o grupo Facebook gratuito das Ações Asiáticas, fazia todo o sentido trazer um índice daquela região. O índice subiu 1.6% esta semana.
  • A maior novidade da semana (e talvez do ano) foi o anúncio do novo pacote de estímulos para infraestruturas nos EUA. Joe Biden anunciou dois triliões de dólares de apoio ao desenvolvimento de infraestruturas no país ($2.000.000.000.000 mais concretamente). A maior fatia vai para a rede de transportes, pontes, estradas, portos, aeroportos e desenvolvimento de veículos elétricos: $621B. Para cuidados de saúde com idosos e cidadãos desabilitados: $400B. Para melhorar infraestruturas ligadas à distribuição de água potável e expansão de banda larga e redes elétricas: $300B. Para a construção de novas casas acessíveis a todos os cidadãos: $300B. Por último: para produção industrial, pesquisa e desenvolvimento vão $580B. Números impressionantes e que vão fazer com que a economia americana recupere mais rapidamente do que a europeia!
  • Nos EUA o crescimento dos níveis de emprego no início foi dos mais elevados desde agosto passado. Foram adicionados 916 mil novos empregos quando eram esperados apenas 675 mil. O setor do lazer e hospitalidade foi o que apresentou maior crescimento, com mais de 280 mil novos empregos adicionados!
  • O índice de Gestores de Compras (PMI) para os EUA veio nos 64.7 pontos quando se esperavam 61.3 pontos. Qualquer número acima de 50 representa uma expansão económica.
  • Soube-se esta semana que a venda massiva (sell-off) de algumas ações na sexta-feira passada deveu-se à liquidação de um Fundo de Investimento Privado (Family Office). Empresas como a ViacomCBS, Discovery, Baidu, Tencent Music Entertainment, iQIYI, entre outras cotadas chinesas caíram violentamente nos mercados globais. Este Fundo estava fortemente investido em algumas destas empresas com recurso a margem (endividamento). Alavancar os nossos investimentos pode aumentar os ganhos…mas também aumenta, e muito (!!!) as perdas. Cuidado com o uso de contas-margem! Alguns bancos também saíram prejudicados, como o Goldman Sachs, o Credit Suisse e a Morgan Stanley.
  • No campo das aquisições e fusões tivemos a Fly Leasing (escocesa) a aceitar ser adquirida pela filial do grupo Carlyle ‘Carlyle Aviation Partners’ por $2.36B.
  • Resultados trimestrais:
    • BYD: os lucros anuais subiram 162% em relação a 2019 para os 4.2B yuan.
    • Walgreens Boots Alliance: lucros por ação caíram 7.5% em relação ao mesmo trimestre do ano passado para os $1.40. Já as vendas subiram 4.6% YoY para os $32.8B.
    • Micron: as receitas subiram 8% QoQ e 30% YoY para os $6.24B. Já os Fluxos de Caixa Operacionais subiram 55% QoQ e 53% YoY para os $3.06B.

 

Como a divulgação de resultados trimestrais/anuais anunciados para a semana seguinte pode não ser cumprida, vou deixar de promover aqui. Assim, o formato das Semanas Lucrativas passa a ser somente focado nos resultados e principais eventos da semana anterior, o que dá mais certezas e menos dúvidas.