Select Page

Por esta altura poderás estar a perguntar quando é que os mercados vão bater no fundo?

Já não aguentas mais ver as ações a desvalorizar e queres é ver a Bolsa a subir novamente e a atingir novos máximos.

Perguntas-te constantemente se esta é a melhor altura para investir ou se devemos esperar que os mercados caiam ainda mais.

 

E assim vais vendo o que os grandes analistas financeiros dizem.

Procuras por informação que os maiores analistas financeiros vão colocando cá fora e que te possa ajudar a responder a estas perguntas.

Procuras pelos ‘gurus’ do mercado para saber se este Bear Market já está próximo do fim ou se ainda está longe do fim; se é a altura ideal para entrar ou se devemos esperar por melhores oportunidades.

Procurar saber se este Bear Market tem semelhanças a outros do passado, ou se desta vez é diferente.

 

E encontras dezenas de informações diferentes e, muitas vezes, contraditórias.

 

Há analistas reputados que estão a dizer que este Bear Market será pior que o de 2008 (quando o índice S&P500 desceu 57%).

Há outros analistas que dizem que será pior do que em 1987 (quando o índice Dow Jones 30 caiu mais de 20% num só dia, naquela que ficou conhecida como a Segunda-Feira Negra).

Há outros analistas que vão mais longe e dizem que este Bear Market será pior do que o da Grande Depressão dos anos 30, quando as principais Bolsas dos EUA perderam mais de 80% do seu valor.

 

Mesmo quando se ouve as palavras dos analistas em termos económicos, a realidade é semelhante à das análises aos mercados.

Todos sabem de tudo, e nenhum sabe de nada!

Uns dizem que enfrentaremos uma recessão pior que a Grande Recessão de 2007-2008, outros dizem que será pior do que a do fim dos anos 80, outros dizem que isto será pior do que a Grande Depressão dos anos 30 e que o pior ainda está para vir.

 

Eu digo que algum deles poderá estar certo nas suas previsões, mas só o tempo o dirá!

A verdade é que todos os anos há milhares de analistas a tentar prever o futuro dos mercados.

Só que o comportamento dos mercados só se consegue prever…olhando para o passado!

É fácil olhar para o passado e dizer que o Bear Market de 2008 resultou em perdas superiores a 50%, ou que o Bear Market de 1998 durou apenas 45 dias.

É fácil olhar para o passado e dizer que o Bear Market de 2008 foi pior que o de 1987, e que o de 1929-1932 foi o pior de todos (até agora).

Mas isso não nos ajuda em nada a inferir sobre o que vai acontecer a seguir.

 

Nós podemos tentar prever o futuro com base no que ocorreu no passado. Mas não passará disso mesmo: uma previsão!

Só daqui a 10 anos é que poderemos olhar para trás e dizer que o Bear Market de 2020 foi pior que o do ano X ou Y, que as ações caíram mais que no ano X ou Y, e que a economia sofreu mais do que nos anos X ou Y.

Até lá, são tudo conjeturas e tentativas (maioritariamente falhadas) de adivinhação.

 

 

E porque digo que a maioria dos analistas vai errar nas suas previsões?

Porque a maioria deles é pago para fazer essas previsões, não para acertar na direção do mercado!

Muitos deles ganham fortunas se adivinharem o que o mercado vai fazer nas próximas semanas ou meses.

Eventualmente, algum deles estará certo. Mas na maioria das vezes, não passarão de tentativas falhadas de adivinhação.

É como o ditado popular diz: “Até um relógio avariado está certo duas vezes por dia!”

 

Vais querer encher os bolsos de analistas conceituados enquanto tu tomas más decisões de investimento, ou vais querer pensar pela tua própria cabeça, tomar as tuas decisões de investimento, e atribuir o sucesso ao teu desempenho nos mercados?

Não permitas aos outros influenciarem as tuas decisões.

O teu sucesso em investimento depende de ti; e somente de ti!

 

Ninguém sabe o futuro.

A História Financeira mostra-nos que os mercados num longo período de tempo tendem a valorizar.

Quando olhamos para os principais índices acionistas dos EUA, podemos ver que em 40 ou 50 anos os mercados tenderam a subir, mesmo com pequenos percalços no curto prazo, mesmo com quedas de 50% ou mais pelo caminho.

Mas até isto é história, e a história só ao passado pertence!

Rentabilidades passadas não significam rentabilidades futuras, e é preciso cuidado quando se ouve analistas (supostamente) muito conhecedores dos mercados.

 

Tomas as tuas decisões.

Investe por ti e só por ti.

Investe para ti!

 

Saudações lucrativas,

Frederico Santarém