Select Page

Warren Buffett é conhecido como um investidor que procura empresas extraordinárias a preços razoáveis.

Mas nem sempre foi assim.

Ele começou com uma filosofia diferente: investir em empresas razoáveis a preços extraordinários.

Ele já era milionário quando adotou a estratégia pela qual é atualmente conhecido (tinha cerca de $34 milhões em 1972, o que corresponde a aproximadamente $200 milhões hoje em dia).

 

Warren começou a carreira investindo com uma estratégia de investimento conhecida como “cigar butt”.

Nas palavras de Benjamin Graham, pai do Investimento em Valor: «uma beata de cigarro encontrada na rua que tem apenas um bafo remanescente, pode não oferecer muito a um fumador, mas a “aquisição em saldo” faz com que esse bafo constitua um lucro enorme!». Não é lá muito elegante de se dizer, pois não?

Dito de uma forma mais elegante, esta estratégia procura comprar um dólar por apenas 50 cêntimos.

 

Aos 27 anos de idade, Warren investiu na Sanborn Maps, uma empresa que fazia mapas para cidades em papel. Este era um negócio que começava a ficar ultrapassado, mas que tinha sido um monopólio poucos anos antes. A Sanborn Maps constituía um mau negócio, tendo visto os seus lucros a decrescer 80% nos últimos anos. Era um péssimo negócio! Mas Warren viu uma oportunidade…

Warren viu que as ações estavam a cotar a $45, mas a empresa tinha dinheiro em caixa equivalente a $65 por ação.

Comprou tantas ações quanto conseguiu. Chegou a controlar 43.8% da empresa com o seu Fundo de Investimento (Hedge Fund), o que lhe permitiu uma posição na administração.

 

Outro exemplo foi com a Dempster. Em 1959 a Dempster cotava a 16 dólares por ação. No entanto, tinha capital na ordem dos 35 dólares por ação; e o valor contabilístico da empresa ultrapassava os 50 dólares por ação.

O negócio não era lucrativo, mas Warren viu que a empresa estava extremamente subavaliada. Warren continuou a comprar as ações nos anos seguintes, ao preço médio de $28.

Em 5 anos, a ação valorizou até aos $80, praticamente triplicando o investimento inicial!

 

Nos 12 anos em que Warren geriu o seu Fundo de Investimentos, teve um retorno abismal: 31.6%/ano!!!

De 1957 a 1968, o índice Dow Jones conseguiu apenas anualizar 9.1%, sendo que teve 4 anos com rentabilidades negativas e o Fundo do Warren nunca ganhou menos de 10% num ano.

Em 1969, liquidou o seu Fundo e devolveu todo o dinheiro aos acionistas, pois não conseguia encontrar oportunidades num mercado altamente sobreavaliado.

 

Em 1962, a Berkshire Hathaway, empresa que Warren Buffett viria a adquirir, encontrava-se numa situação semelhante às descritas anteriormente. Estava num negócio péssimo nos anos 60: a indústria têxtil. Milhares de fábricas fechavam e centenas de negócios têxteis eram liquidados.

No entanto, Warren viu uma oportunidade.

O valor de liquidação da Berkshire (isto é, a quantidade de dinheiro que se conseguiria tirar da empresa se se parasse o negócio e se se vendesse todos os seus ativos) era de cerca de 22 milhões de dólares, ou $19.46 por ação. Porém, as ações cotavam apenas a $7.50 cada uma.

Nos anos seguintes, Warren continuou a comprar tantas ações quanto podia. Desentendimentos com o chefe-executivo da altura levaram-no a adquirir a totalidade da empresa, que viria a transformar num dos mais bem-sucedidos negócios da História da Humanidade. Em vez de reinvestir num negócio decadente, Warren começou a comprar novos negócios com a Berkshire, levando-a a ser, aos dias de hoje, uma das maiores empresas do mundo. A Berkshire Hathaway vale hoje mais de 400 biliões de dólares.

 

A mensagem deste artigo é simples.

É possível ter retornos absolutamente extraordinários se soubermos procurar onde mais ninguém procura. Enquanto que a maioria das pessoas foge de negócios decadentes, é aqui que podemos encontrar verdadeiras preciosidades.

Poder comprar uma empresa por metade do valor que ela tem em caixa é absolutamente extraordinário! Imagina conseguires adquirir uma empresa, pagar todas as suas dívidas, vender todos os seus ativos, e ainda trazeres dinheiro para casa que estava parado em caixa.

É este o segredo da estratégia de Investimento em Valor Profundo ou, como era antigamente conhecida, Investimento em Beatas de Cigarros onde Ainda Sobrava um Bafo (Cigar Butt Investing).

 

Procura investimentos onde quase ninguém procura. As verdadeiras oportunidades estão onde ninguém as vê.

 

Saudações lucrativas,

Frederico